quinta-feira, 13 de julho de 2017

Confesso de Colleen Hoover

Editora: Topseller
ISBN:  9789898839503
Ano de Lançamento Portugal: 25 de Abril de 2016
Tradução: Diogo Montenegro
Páginas: 256
Classificação: ★★★★ (4/5)
Data de leitura: Junho de 2017




Sinopse
Auburn Reed tem toda a sua vida planeada. Não há espaço para erros ou imprevistos. Até que, um dia, entra num estúdio de arte e conhece Owen Gentry, o enigmático artista dono do estúdio.
Auburn sente, de súbito, que algo muda dentro dela e decide deixar-se levar pelo coração.
Owen, contudo, guarda segredos que não quer ver revelados. As escolhas do seu passado não parecem permitir-lhe um futuro livre, e Auburn tem demasiado a perder se decidir lutar por ele. A única forma de não pôr em risco tudo o que é importante para si é deixar Owen. Confessar é tudo o que ele tem de fazer para salvar a relação de ambos. Mas, neste caso, a confissão pode ser muito mais destrutiva do que o próprio pecado.
Será o amor capaz de sobreviver à verdade?
Confesso é uma história de imenso amor e coragem, que nos faz acreditar em segundas oportunidades.
Inclui 8 páginas a cores com as ilustrações dos quadros de Owen.




Opinião
Posso colocar Colleen Hoover na lista das minhas autoras favoritas. Amor Cruel foi simplesmente arrebatador e este não ficou atrás.
A história mostra-nos que há uma segunda oportunidade para amarmos novamente bem como restabelecer a nossa vida.

Gosto da Auburn, mas não gosto do seu nome. Acho-o tão estranho e difícil de pronunciar. Ela é uma jovem bastante madura, visto que foi obrigada a crescer devido às voltas que a sua vida deu.
Auburn precisa urgentemente de mais dinheiro e cruza-se com o misterioso Owen que lhe oferece trabalho por uma noite. Apesar das desconfianças em relação a ele, acaba por tornar-se numa das suas melhores decisões.
Owen é um artista. Simplesmente pinta telas baseado em frases anónimas que o inspiram.
Apesar de não se conhecerem criam uma ligação entre eles. Há ali uma química bastante sedutora.
Rapidamente se começa a perceber que ambos têm segredos que não querem que se descubra. Respeitam-se um ao outro e apenas falam quando se sentem preparados.
Há muitas pessoas em volta de ambos que não querem que eles estejam juntos e vale tudo para os destruir, incluindo chantagem. Sempre que tentam algo há sempre alguém que coloca um travão no que poderia ser o princípio de uma relação.
As asneiras de Owen tornam-se prejudiciais para Auburn e só resta afastar-se dela. Ela tem muito a perder se continuar com Owen e ele nunca iria permitir que isso acontecesse.

Foi sem dúvida uma história que me encheu o coração, já para não falar do último capítulo. Precisamos realmente daquele bocadinho para nos explicar de onde vinha tudo aquilo. 
Já tenho mais uns livrinhos desta senhora debaixo de olho que me interessam bastante. :)

Patrícia*

Sem comentários:

Enviar um comentário